Presidente da República condecora Professor Walter Osswald

  

No dia 24 de outubro, o Presidente da República esteve na Católica no Porto para condecorar o Professor Walter Osswald com a Grã-Cruz da Ordem de Mérito da Instrução Pública, na presença de Isabel Capeloa Gil, Reitora da Universidade Católica Portuguesa, e da comunidade académica.

No seu discurso, o Professor Marcelo Rebelo de Sousa elogiou o Professor Walter Osswald pela sua “alegria de viver com os outros e para os outros, energia da sua personalidade e pela solidariedade do seu sentido institucional de assumir missões e de as cumprir.” O Presidente da República realçou também: “Vou lembrar o mestre, o estudioso, o cientista, o académico, o pioneiro da bioética, o lutador por valores, pela sua afirmação, transmissão e inesgotável aplicação ao domínio essencial da vida.” Assim, “venho agradecer o que não tem preço, mas tem um nome por ter servido com excelência a dignidade da pessoa humana com princípios e sabedoria,” finalizou o Presidente da República.

Figura incontornável da história do país e da Universidade, o Professor Walter Osswald foi o primeiro diretor do Instituto de Bioética da Universidade Católica Portuguesa. Autor de mais de 500 artigos, vários livros e publicações, que perpassam todo o seu saber informado e a sua empenhada dedicação às causas humanistas. Em 2008, foi agraciado com o grau Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Coimbra – pelo seu estatuto de cientista e universitário defensor dos princípios bioéticos – e com a Grã-Cruz da Ordem de Sant’lago e Espada, atribuída pelo Presidente da República que, na mesma ocasião, distinguiu, ainda, Daniel Serrão e Jorge Biscaia, e homenageou Luís Archer, por terem introduzido a Bioética em Portugal. A cerimónia contou com a presença de mais de 200 familiares e amigos.

Outubro de 2018

Artigos relacionados:

- Vídeo da Presidência da República com a condecoração

- Portugal: Presidente da República condecorou o primeiro diretor do Instituto de Bioética da UCP